quarta-feira, 20 de outubro de 2010


Qualquer lugar, longe, mas sem perigo.
Um castelo. Pipa e facão. Exato e preciso (por precisar).
Nasce de um sonho ou de um desabafo?

Uma onda que nos leva.
Pra onde vai e de onde vem? Nasce no horizonte ou à beira-mar?
Ninguém nunca saberá.

Um relâmpago, um raio e não um trovão.
Rápido e próximo ou distante e frágil. Luz em qualquer escuridão.
Intenso como qualquer paixão.

5 << Comentário >>:

Ludmila disse...

'intenso como qualquer paixão'.

ainda não entendo, de verdade, pq vc faz geografia... devia fazer algo que evidencie mais o que vc sabe fazer com as palavras. vc é mto boa nisso ^^

:*

Elayne Pontual disse...

Ludmila disse EXATAMENTE o que eu penso! *.*

Muito orgulho de vc nega (L)

Ezequias disse...

"Para onde vai e de onde vem ? Nasce no horizonte ou à beira-mar? Ninguém numca saberá"


Bravo!!!

Quinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Erique disse...

Poxa Karol kd vez vc me surpreende mais. Parabéns mais uma vez!
E esse final tá tão bom que nem parece que foi vc que fez. :P
Abraços!

Tecnologia do Blogger.
 
;